Summary: O Brasil possui ricas diversidades biológicas, étnicas e culturais, além de possuir valioso conhecimento tradicional relacionado ao uso de plantas medicinais. Assim, apresenta elevado potencial para o desenvolvimento de medicamentos fitoterápicos. Com isso, é crescente a importância da pesquisa sobre novos derivados vegetais de interesse terapêutico a partir de recursos da biodiversidade brasileira, impulsionando o desenvolvimento da indústria nacional, o crescimento da fitoterapia no país e principalmente trazendo benefícios para a população brasileira no que diz respeito à aquisição de medicamentos com comprovada eficácia e menores custos. Sob o ponto epidemiológico, as principais doenças a serem estudas neste projeto (doenças de Parkinson, epilepsia, acidente encefálico vascular e traumático, dor e inflamação crônica) são bastante prevalentes no Brasil e no mundo, sendo que elas comprometem a capacidade de trabalho dos pacientes acometidos e contribui de modo significativo na redução drástica da qualidade de vida dos mesmos. Por exemplo, de acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde, cerca de 40% do total da população mundial sofre de alguma forma de dor crônica, sendo que um estudo realizado apenas no Brasil confirmou a mesma incidência, apontando que este é um importante problema de saúde pública. Além disto, estes tipos de doenças geram enormes gastos no Sistema Único de Saúde (SUS), tendo em vista as constantes internações e principalmente devido ao baixo poder aquisitivo da população que obrigam os mesmos a utilizar os reduzidos fármacos que são disponibilizados pelo SUS.
Desta maneira, a intenção fundamental deste projeto será não só estender os dados do nosso grupo a acerca do potencial terapêutico das plantas medicinais Polygala paniculata e Combretum leprosum, como também estará centrada no estudo sistematizado delas visando o desenvolvimento de novos produtos terapêuticos dentro das normas brasileira que regulamentam a produção de medicamentos fitoterápicos, direcionados ao tratamento de desordens Degenerativas do Sistema Nervoso Central (SNC) com enfoque na doença de Parkinson, acidente encefálico traumático e/ou vascular, epilepsia e nas dores e inflamações crônicas. Adicionalmente, as informações obtidas nesse estudo podem contribuir para a geração de patentes e inovação científica e tecnológica na área de farmacologia voltada para a Indústria de Fitoterápicos ou mesmo a utilização sistemática delas no SUS.

Starting date: 2013-12-01
Deadline (months): 24

Participants:

Rolesort descending Name
Collaborator * Adair Roberto Soares dos Santos
Collaborator * Breno Valentim Nogueira
Coordinator * Cristina Martins e Silva
Researcher * Rita Gomes Wanderley Pires
Student Master * Tassiane Emanuelle Servare Andrade
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105