Estudo da função vascular em artérias de condutância de ratos infartados com e sem sinais de insuficiência cardíaca

Resumo: A incidência de insuficiência cardíaca vem aumentando virtuosamente na população, repercutindo em altos custos hospitalares e em aposentadorias precoces. Já se sabe que a área de infarto é um fator primordial na progressão da insuficiência cardíaca. Entretanto, estudos do nosso laboratório evidenciaram que animais submetidos ao infarto experimental, que apresentam a mesma área de infarto, podem desenvolver ou não sinais de insuficiência cardíaca. Esse achado é de extrema relevância, pois mostra que outros fatores, independentes da área de infarto, podem conduzir à insuficiência cardíaca e contribuir para sua progressão. Por isso, o estudo minucioso desses dois grupos experimentais é importante para o melhor entendimento da progressão da insuficiência cardíaca bem como para o delineamento de novas estratégias diagnósticas e terapêuticas. Sendo assim, o objetivo deste trabalho será avaliar a função vascular em artérias de condutância de ratos com e sem sinais de IC, quatro semanas após IM.
Serão utilizados ratos Wistar, divididos em três grupos: cirurgia fictícia (Sham), ratos infartados que apresentaram sinais de insuficiência cardíaca (IC) e aqueles que não apresentaram sinais de insuficiência cardíaca (INF). Quatro semanas após IM, os animais serão submetidos à avaliação dos parâmetros hemodinâmicos e da função vascular em artérias de condutância.

Data de início: 2012-03-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Aurélia Araújo Fernandes
Pesquisador Edna Aparecida Silveira Almeida
Pesquisador Ivanita Stefanon
Vice-Coordenador Fabiana Dayse Magalhaes Siman Meira
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105