Efeito do consumo de álcool em binge por ratos adolescentes submetidos à separação maternal na infância sobre o aprendizado e impulsividade: papel do sistema endocanabinóide

Resumo: A separação maternal tem sido um modelo animal amplamente utilizado, para mimetizar eventos estressores no período neonatal, podendo levar ao desenvolvimento de psicopatologias, dificuldade de aprendizado e memorização, e ao abuso de substâncias, como o etanol. Esse consumo, principalmente na adolescência, tem potencial de gerar déficits de aprendizado e memória, além de gerar alterações em diversos sistemas cerebrais como o endocanabinóide. No presente trabalho, será realizada a separação maternal do DPN2 ao DPN15, onde os animais serão separados individualmente de suas mães por um período de 3 horas diárias. Posteriormente, os animais receberão por via oral (gavagem) solução salina (grupo controle) ou etanol nas doses 3,0 e 6,0 g/kg por 3 dias consecutivos uma dose ao dia (binge agudo) ou de 10 doses de etanol, uma vez por dia, em um esquema de dois dias consecutivos intercalados por dois dias sem a ingestão de etanol (binge crônico). Ao término desse procedimento os animais serão submetidos aos testes comportamentais ou eutanisiados para a obtenção das estruturas. Os testes comportamentais realizados serão o um teste de aprendizado e um teste de impulsividade, sendo ambos realizados no labirinto em T. Após a eutanásia dos animais, serão retirados o córtex pré-frontal, o estriado e o hipocampo. Nessas estruturas serão avaliadas por meio de imunoblot a quantidade de receptores canabinóides CB1 e CB2, além da expressão de RNAm das enzimas MAGL e FAAH, adicionalmente também será realizada a determinação da expressão de fos-B. Dessa forma, esse trabalho tem por objetivo avaliar a influência do álcool em binge em ratos adolescentes submetidos à separação maternal sobre o aprendizado e impulsividade, assim como investigar os efeitos desses tratamentos sobre o sistema endocanabinóide.

Data de início: 2015-05-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Vanessa Ghidetti Alvarenga Telles
Aluno Mestrado Martielo Januário da Mata
Aluno Mestrado Randriely Merscher Sobreira de Lima
Colaborador Athelson Stefanon Bittencourt
Colaborador Valerio Garrone Barauna

Páginas

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105