CARACTERIZAÇÃO BIOQUÍMICA E FUNCIONAL DE HIALURONIDASES, LECTINAS, PEPTÍDEOS E MOLÉCULAS NÃO-PROTÉICAS NA PEÇONHA DO PEIXE ESCORPIÃO Scorpaena plumieri

Resumo: O potencial terapêutico e biotecnológico de substâncias naturais tem sido foco de várias pesquisas. O interesse na procura de novas drogas colocou os venenos animais como uma das mais promissoras fontes de compostos bioativos naturais. Dentre estes, os venenos de peixes merecem destaque devido ao grande número de espécies peçonhentas (mais de 1200). Devido à dificuldade de captura dos espécimes e também da natureza lábil de alguns de seus componentes, estas peçonhas são pouco estudadas. Até o presente momento, a maioria dos estudos visou à ação das toxinas citolíticas encontradas nestes venenos, as quais têm importante função na patogênese do envenenamento. Entretanto, o estudo de outras moléculas nestas peçonhas é negligenciado existindo poucos relatos de isolamento de hialuronidases, lectinas, ou mesmo peptídeos e toxinas não-protéicas. Portanto, o objetivo desta proposta é a prospecção, caracterização bioquímica e farmacológica de toxinas com atividade hialuronidásica, lectinas e de moléculas de baixa massa molecular presentes na peçonha do peixe escorpião Scorpaena plumieri, um dos peixes peçonhentos mais perigosos do litoral brasileiro.

Data de início: 2017-05-22
Prazo (meses): 76

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Colaborador Leonardo dos Santos
Coordenador Suely Gomes de Figueiredo
Pesquisador Fabiana Vasconcelos Campos
Pesquisador Helena Lima Gomes
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105