Análise das propriedades fotodinâmicas de ftalocianinas de gálio e índio livres e encapsuladas em nanopartículas de PHB

Nome: Vannyla Viktória Viana Vasconcelos
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 21/12/2021
Orientador:

Nomeordem crescente Papel
André Romero da Silva Orientador

Banca:

Nomeordem crescente Papel
Lucas Cunha Dias de Rezende Examinador Interno
Frederico da Silva Fortunato Examinador Externo
André Romero da Silva Orientador

Resumo: A terapia fotodinâmica é promovida por uma reação química ativada por luz, com comprimento de onda na região do vermelho envolvendo um fotossensibilizador (FS) uma fonte de luz e oxigênio molecular. Essa terapia é promissora, contudo alguns desafios dificultam a excelência desse processo, como o direcionamento do composto ativo, sua permeabilidade, sua biodisponibilidade e o controle do processo sintético de sistemas carreadores usados para encapsular os FS. Assim, este trabalho avaliou a capacidade da (hidroxifenilpropanona) - ftalocianina de gálio e de índio livres e encapsuladas em nanopartículas (NPs) de polihidróxibutirato (PHB) para atuar como FS na terapia fotodinâmica (TFD). O átomo central ligado às ftalocianinas (Ga ou In), a porcentagem de etanol na fase aquosa e a massa molar de álcool polivinílico (PVA) (kDa) foram avaliadas sobre o tamanho, a eficiência de encapsulação e de recuperação das NPs. As nanopartículas também foram caracterizadas morfologicamente. As formulações com propriedades nanoparticuladas mais adequadas à aplicação de TFD. Ensaios de fotooxidação de biomoléculas utilizando albumina sérica bovina (BSA) e triptofano (Trp), cálculos de docking molecular foram também realizados para avaliar a interação do FSs com a matriz polimérica e com a BSA. O aumento da massa molar de PVA e a mudança do átomo central ligado a ftalocianina influenciaram diretamente o tamanho da NP, favorecendo a obtenção de partículas com diâmetros menores que 200nm. Os ensaios de fotooxidação revelaram que os FS encapsulados foram mais eficientes que os FS livres em fotooxidar as biomoléculas, sendo a ftalocianina de gálio mais eficaz que a de índio. Os resultados indicam que essas substâncias são potenciais FSs para uso em TFD, com destaque para a ftalocianina contendo gálio.

Palavras-chave: Terapia fotodinâmica, fotossensibilizadores, ftalocianinas, nanopartículas, fotooxidação.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105